Sobre E-Commerce: 50 oportunidades de negócio para 2015

512x174px-Banner-Grande-50opp

Para este novo ano que se aproxima, é essencial que, caso você seja um leitor que pretende investir em seu chamado e-commerce, saiba então que o país ainda oferece muitas oportunidades de novos negócios, até porque somos um mercado formado por mais de 50 milhões de consumidores.

De acordo com um estudo muito recente do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), no Brasil ainda existem mais de 50 nichos para as micro e pequenas empresas investirem no modelo online de mercado, como venda de roupas vintage, acessórios para a prática esportiva e fotográfica, instrumentos musicais, utensílios para o lar, entre outros itens e serviços ainda pouco explorados na web.

Ainda pensando em outros exemplos, segundo o órgão, nas áreas ligadas à saúde e bem-estar, o empreendedor pode apostar comercializando produtos diet, medicamentos para homeopatia, videoaulas, livros e até serviços como exames para medir o colesterol. No segmento mais festivo, o Sebrae apontou carência de aluguel e venda de fantasias, bolos para as mais diversas comemorações, enfeites e outros itens que, geralmente, são esquecidos ou não ofertados por empresas desta área.

Essa conclusão foi encontrada e proposta a partir de uma pesquisa e análise de mais de 50 mil palavras-chave mais procuradas em motores de busca e, em seguida, selecionadas as com baixo nível de concorrência no e-commerce. Tudo isso para entender e atender às necessidades mais específicas dessa enorme massa consumidora, já que é essencial para o sucesso em um novo nicho de mercado.

Grande parte desses verbetes pesquisados estava intimamente relacionado com produtos mais consumidos do varejo, assim como as palavras-chave presentes na cartilha Ideias de Negócios, do Sebrae, a qual há informações essenciais sobre opções de empreendimentos. Verbetes relacionados a negócios e serviços procurados no portal da instituição também foram cuidadosamente considerados.

Enfim, leitor: Para que você encontre seu nicho, o Sebrae aconselha pensar em sete pontos principais:

  1. As pessoas querem o que você está vendendo ou você terá que convencê-las a comprar o seu produto ou serviço?
  2. Vale a pena se especializar?
  3. Já há concorrência neste nicho?
  4. E como ela está?
  5. O seu mercado potencial é grande o suficiente para ser considerado um lucrativo?
  6. O seu nicho é fácil de ser acessado pelos meios de comunicação online?
  7. Qual o diferencial que o torna tão especial e único frente à concorrência?

 

Um dos propósitos de investir em um nicho é a possibilidade de alcançar a liderança e conquistar esse mercado. Para isso, o Sebrae sugere as seguintes estratégias iniciais:

  • Criação de um blog com dicas, curiosidades, análises, tendências, estudos, críticas e mais informações sobre a categoria que se quer trabalhar
  • Venda de algumas unidades do produto ou serviço via marketplaces, como Mercado Livre, OLX, Bom negócio, entre outros. Esses sites têm tráfego de pessoas querendo comprar algo e servem para testar o interesse
  • Criação de uma landingpage, que é um site de uma página, que explica a sua ideia ou conceito, com um objetivo claro para o usuário
  • Elaboração de uma página ou grupo em uma rede social para encontrar pessoas dentro do seu nicho

E você está preparado para aceitar o desafio assim que as luas mudarem de um ano para o outro? Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida – a Zocprint deseja que seu 2015 seja repleto de realizações!

 Via: Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *