Sebrae realiza premiação para mulheres empreendedoras

banner pequeno mulheres empreendedoras

O prazo para inscrição nesta 11ª edição do prêmio Sebrae Mulher de Negócios  será até o dia 31 de julho de 2014, que contará com mulheres empreendedoras que obtiveram sucesso profissional em suas carreiras; deste modo, vai identificar, selecionar e premiar as maiores histórias de empreendedorismo feminino no país. Para tanto, a candidata precisará escrever e enviar um relato “autobiográfico” de seu caminho de sucesso.

O intuito real desta premiação que acontece anualmente é promover o reconhecimento não só estadual, mas nacional às mulheres que, apesar das adversidades presentes na sociedade machista e patriarcal a qual vivemos, conseguiram o sucesso desejado ao transfigurar seus sonhos em realidade, além de servir de inspiração e exemplo para tantas outras que têm o empreendedorismo nas suas metas pessoais e não se sentem capazes de chegar onde anseiam.

Ano passado foi vencedora da etapa estadual/SP do prêmio Sebrae Mulher de Negócios a mariliense Sandra Fumie Yamashita Matunoshita, criadora da franquia Mariliense SOS Alergia, na esfera de pequenas empresas. O constante problema para encontrar produtos de prevenção para suas crises de alergia foi o ímpeto para pensar na empresa. Na época, seu cônjuge possuía R$ 30 mil para investir e, com esta quantia mesmo, decidiram se planejar e tentar fazer acontecer aquela ideia. Com o passar dos anos e a loja tomando forma, aumentaram gradualmente seu leque de produtos e hoje, empreendimento referência na área, estão presentes em sete estados brasileiros.

As categorias para a premiação e suas respectivas características são as seguintes:

  • Pequenos Negócios: empresas de pequeno porte ou microempresas que existam há um ano, ou seja, estejam estabelecidas formalmente no mercado;
  • Produtor Rural: mulheres que tenham sua ocupação nas atividades agrícolas, pecuárias e/ou pesqueiras. Não podem, entretanto, a composição e as características do produto in natura serem alteradas, e é imprescindível que estas empreendedoras estejam estabelecidas formalmente há, no mínimo, um ano;
  • Micro Empreendedor Individual: mulheres que trabalhem por conta própria e que possuam seu empreendimento legalizado, com receita máxima anual de até R$ 60.000,00. Necessário também que nunca tenham participado em outra empresa como sócias ou titulares, e também tenham até um colaborador contratado que receba um salário mínimo ou o piso da categoria. Novamente, que exista há, ao menos, um ano.

Segundo pesquisas do próprio Sebrae, a participação de cunho empreendedor das mulheres brasileiras cresceu consideravelmente nos últimos anos pesquisados. A população economicamente ativa feminina – constituída por pessoas, no caso mulheres, que estão ocupadas ou em busca de ocupação profissional – cresceu de 42% em 2000, para em 2010, 45%. O que se espera, até 2020, é que esse número atinja 49%.

Mais informações sobre a premiação – clique aqui
Para fazer sua inscrição – clique aqui

OBS: São estatísticas que animam, mas nos fazem pensar numa questão extremamente delicada – e que clama por reflexões o tempo todo – que é a desigualdade entre os gêneros no Brasil, em âmbito profissional e de ingresso e aceitação no mercado de trabalho. Pense sempre mais nisso, caro (a) leitor (a). Quanto mais estivermos refletindo sobre isso, cada vez maiores serão as chances de surgirem mais empreendedoras notáveis no país. 

Sebrae realiza premiação para mulheres empreendedoras
Avalie

One Comment

on “Sebrae realiza premiação para mulheres empreendedoras
One Comment on “Sebrae realiza premiação para mulheres empreendedoras
  1. Pingback: Inspiração: Dez frases de notáveis empreendedores | Blog Zocprint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *