Seja líder, não seja chefe!

blog_120_não seja chefe MENOR

Assumir um papel de liderança pode ser complicado para muita gente. Mais do que isso, muitos confundem o papel de um líder com o de um mero chefe. Para entender melhor o que diferencia os dois conceitos, nós separamos algumas dicas essenciais!

1)    Interesse da empresa, e não o seu

Às vezes, você pode se deparar com situações em que seu interesse entrará em conflito com o da empresa – ainda que você seja o empreendedor responsável por ela. Por exemplo, na hora de decidir qual fornecedor. Se um dos candidatos for mais próximo de você, um amigo… Já viu, né? Não dá pra levar isso como o fator determinante de uma escolha tão importante!

Estabelecer esse tipo de prioridade, bem como a separação do campo pessoal do profissional pode ser fator decisivo para o seu sucesso. Não se trata de ser insensível ou ignorar que você tenha uma vida pessoal, mas de saber estabelecer o que é o certo a ser feito.

 2)    Exemplos são melhores que frases

Parta do pressuposto de que não é adequado exigir pontualidade, se você mal consegue chegar no horário dos compromissos. Ao menos, não é ideal – nem de longe. Permita-se oferecer alguns exemplos às pessoas com quem você trabalha e exija apenas o que for plausível.

Assim, você evita problemas com pessoas que julguem determinada exigência uma hipocrisia ou algo inviável. Ofereça exemplos e demonstre que isso ou aquilo trará “X” benefícios à empresa, além de ser algo necessário.

3)    Reconheça o que foi feito

Se, por um lado, assumir todas as responsabilidades e não delegar tarefas torna-se um problema, por outro, o oposto é prejudicial também. Não assumir que determinado acontecimento foi consequência de um ato seu e analisar o que foi feito pode gerar problemas à empresa.

Algum funcionário fez algo interessante e gerou resultados positivos? Reconheça, também, o que foi feito por ele. Se possível, dentro do que é estipulado para a empresa, recompense-o por isso. Nunca deixe de reconhecer e analisar cada ato importante na empresa.

Gostou das dicas? Comente o que achou por aqui ou pela página do Facebook!

Seja líder, não seja chefe!
Avalie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *