Como faço para produzir material gráfico para minha campanha política?

Cartazes, santinhos e folhetos são algumas das maneiras mais tradicionais de se fazer campanha eleitoral, até por serem recursos mais baratos aos candidatos.
Apesar de ser um recurso barato, ele deve ser feito com muita atenção para dar mais eficácia à sua candidatura. Vamos colocar algumas dicas abaixo que você pode utilizar na criação dos seus materiais gráficos para as eleições deste ano.

Não utilize fontes de tamanho pequeno e textos muito longos – As pessoas tem pouco tempo e interesse em ler, prefira matérias de fácil acesso a todos os olhos e de rápida leitura. Lembre-se que nem todas as pessoas enxergam bem, prefiro fontes de tamanho 12 ou acima.
Evite textos literários ou sociológicos. Prefiro entre os textos de modelo publicitário ou jornalístico. Os leitores têm pouco tempo e paciência para ler, você deve ser objetivo na mensagem que quer transmitir, e não ficar vagueando sobre ideias de um mundo perfeito e utópico.
Não utilize jargões políticos ou partidários. Seu material é feito para outras pessoas lerem, por isso ele deve ser curto, simples e direto. E a maioria dos eleitores não é ligada diretamente a um círculo de militantes, elas podem não entender a mensagem que você está tentando passar a elas. Escolha sempre uma linguagem clara de fácil entendimento para a massa popular. Transmita seus ideais de forma acessível e que desperte emoções no seu leitor.
Prefira utilizar imagens para resumir suas teses. Não esqueça que esse tipo de destaque é mais receptivo ao leitor e que ninguém quer ficar lendo um conto sobre a vida do seu candidato “desde quando ele nasceu no interior da Paraíba”. Você também pode usar gráficos, comparações e frases em destaque para esse tipo de finalidade.
Escolha separar seus materiais por diferentes pontos que você deseja abordar. Reunir tudo em um compilado só pode confundir o público e tornar sua leitura muito longa e demorada, correndo o risco de as pessoas perderem o interesse e não captarem a sua mensagem. Com os materiais separados por temas diferentes, o seu eleitorado-alvo pode escolher qual material tem o tema e segmento de seu interesse quer ver e sua mensagem será mais eficiente.
Separe também suas peças de acordo com a função de cada uma: transmitir ideias, mostrar um rosto, lembrar o nome e número do candidato, mostrar o partido. Não misture as funções em um único material ou sua mensagem será confusa. Cartaz e panfleto são duas coisas diferentes, por exemplo. Ele deve conter informações apenas como o rosto, slogan, logotipo e número de legenda. O excesso de informações pode ir contra o seu objetivo.
Sempre coloque em seu material os contatos para que o seu eleitor possa se comunicar com você. Seja endereço, telefone e/ou e-mail, os leitores preferem candidatos acessíveis aos que não gostam de ser “incomodados”.
Prefira utilizar materiais coloridos. O retorno é garantido, pois eles se destacam mais do que o preto e branco. Mesmo que você não tenha orçamento suficiente para esse tipo de impressão, lembre-se que uma quantidade menor de material colorido pode ser mais eficiente do que uma quantidade superior de P&B, e de que também existem opções de baixíssimo custo no mercado, como os modelos prontos da Zocprint.
Faça todo o seu material de forma padronizada. A unidade visual permite que os leitores identifiquem mais facilmente o candidato e partido ao bater o olho no material se este tiver uma unidade visual. Utilize em tudo, a mesma cor, formato, tipografia, logotipo, fotos do candidato e efeitos gráficos.
Escolha as cores utilizadas em seu material com uma atenção redobrada. Apesar de algumas terem uma significância por trás, como no caso o vermelho ser associado a partidos de esquerda, se você optar por essa cor irá ficar perdido no meio de todos os outros candidatos e partidos que também adotaram essa cor. Seu material pode perder a força da sua mensagem. Se você utilizar outras combinações de cores, cria a tendência de se destacar dos outros.

Gostou das dicas? Acha que deve acrescentar ou modificar alguma delas? Deixe a sua aqui nos comentários!

Como faço para produzir material gráfico para minha campanha política?
Avalie

2 Comments

on “Como faço para produzir material gráfico para minha campanha política?
2 Comments on “Como faço para produzir material gráfico para minha campanha política?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *