Dia do cinema nacional: Top 10 filmes nacionais

banner_cinema_pequeno

No dia 19 de junho, comemoramos o dia do cinema brasileiro, homenageando o sacrifício feito para que este segmento crescesse dentro do nosso país. Além disto, teremos também o aniversário do icônico Chico Buarque, que completa nesta mesma data, 70 anos. Podemos destacar sua participação dentro do cinema nacional, uma vez que suas obras, tais como a peça “Ópera do Malandro”, adaptada para as telonas.

Argumentando um pouco sobre a escolha da data, podemos ressaltar que no dia 19 de junho de 1898, foram registradas as primeiras imagens em movimento dentro de território nacional, criadas até então pelo cinegrafista italiano Afonso Segreto.

Pensando nisso, a equipe Zocprint, amante de cinema em geral, não podia deixar de fazer a sua homenagem a este dia, por isso, selecionamos os filmes que para nós, foram marcantes dentro da cinemática nacional:

 

 

 

8 - As Melhores Coisas do Mundo10 – As melhores coisas do mundo, de Laís Bodanzky

O filme de Laís Bodanzky conta a história de um adolescente de 15 anos, inserido em dois contextos: um garoto vivendo as expêriencias comuns da adolescências e alguns problemas não tão comuns. O filme requadra um mês da vida do garoto, mostrando como ele lida com a vida e aprende, através de vitórias e derrotas.

Uma história emocionante do começo ao fim, tirando ótimas risadas, com momentos pertinentes a emoção.

 

 

 

 

 

9 - Xingu9 – Xingu, de Cao Hamburger     

O filme de Cao conta a famosa e verídica história da jornada dos irmãos Villas-Bôas na expedição a Amazônia, mais precisamente para conhecer a tribo Xingu.

O filme retrata o envolvimento forte dos irmãos com a tribo, onde vão adquirindo experiências e aprendendo de fato, com os diferentes costumes daquela sociedade. A trama ficou em terceiro lugar em uma indicação para melhor filme no Festival de Berlin.

 

 

 

 

 

10 - Somos Tão Jovens8 – Somos Tão Jovens, de Antonio Carlos de Fontoura

O drama conta a história biográfica de nada menos que Renato Russo, o famoso líder da banda Legião Urbana. Ao longo do filme, Antonio Carlos tentou passar um pouco da adolescência rebelde de Renato, do início até o começo da Legião.

O filme carrega uma carga emocional forte, por retratar de forma simplista a vida de um dos maiores ídolos da música brasileira, não sendo a toa o recorde de bilheteria no Brasil em 2013, rendendo 5.582.576 milhões de reais aos cinemas brasileiros.

 

 

 

 

3 - Dois Coelhos7 – Dois Coelhos, de Afonso Poyart

O recente filme lançado pelo diretor Afonso Poyart foi visto como revolucionário, tendo em vista a sua grande eficiência em efeitos especiais, talvez nunca vistos no cinema nacional. O filme conta a história de um rapaz, que provoca um terrível acidente e some do Brasil por um tempo até que as coisas se acalmem. O trama se inicia com a sua volta, onde ele monta um plano para se reerguer e limpar seu nome, tentando corrigir os erros do passado.

O filme foi premiado pelo Grande Prêmio do Cinema Brasileiro como melhor trilha sonora, efeitos visuais e melhor edição. Além destes, conquistou também o prêmio de melhor longa-metragem, pela Associação Brasileira de Cinematogafia.

 

 

 

 

5 - Central do Brasil6 – Central do Brasil, de Marcos Bernstein e João Emanuel Carneiro

Este drama conta a história da amizade entre uma mulher de meia-idade que procura uma segunda chance na vida e um pequeno garoto em busca de suas raízes.

A trama se envolve em dimensões emocionais muito fortes, crescendo mais a cada cena. Aclamado pela crítica, o filme teve como principais premiações um Oscar, um Globo de Ouro e um Festival de Berlin, todos como melhor filme estrangeiro.

 

 

 

 

 

6 - Bicho de Sete Cabeças5 – Central do Brasil, de Marcos Bernstein e João Emanuel Carneiro

O filme se baseia na obra de autobiográfica de Austragésilo Carrano Bueno, chamada “ O Canto dos Malditos ”. O drama conta a história de um rapaz que é internado em uma clínica de reeabilitação após seu pai achar drogas em sua mala. A trama vai se envolvendo cada vez mais, a partir do momento em que seu tratamento na clínica se torna abusivo. O filme aborda uma quetsão realista, com crítica direta ao abuso em clínicas psiquiátricas.

O longa foi premiado pelo Grande Prêmio Cinema Brasil, Prêmio Qualidade Brasil e Troféu APCA, como melhor filme.

 

 

 

 

4 - O Auto da Compadecida4 – O Alto da Compadecida, de Guel Arres

O filme é ambientado em um região do sertão nordestino, tendo seus dois principais personagens com personalidades típicas do brasileiro nacionalista. Os dois trabalham juntos, com pequenos negócios, até se envolverem com um cangaceiro da cidade, criando varias confusões.

A trama paira entre a comédia e o drama, tendo muito em vista uma história interessante e realista, ganhando o agrado de milhões de fãs no Brasi. O filme foi premiado pelo Grande Prêmio Cinema Brasil como o melhor lançamento e pelo Miami Brazilian Film Festival como o filme de maior audiência.

 

 

 

 

7 - Carandiru3 – Carandiru, de Hector Babenco

A superprodução de Hector Babenco foi baseada no livro de Dráuzio Varella, “Estação Carandiru”, onde ele retrata um pouco de como era seu dia a dia como médico de uma das mais famosas prisões da história do país, o Carandiru.

O filme retrata o cotidiano da prisão segundo o livro, indo até a chacina dos presos feitas pela PM, após a rebelião dos mesmos. A trama é muito envolvente e emocionante, onde em todo momento você acaba criando um laço com cada personagem,por raiva ou até por amor a eles. O filme foi premiado pelo Festival de Cinema de Havana como prêmio de público e especial de júri, além das premiações pelo Grande Prêmio Cinema Brasil, onde venceu como melhor roteiro.

 

 

 

 

2 - Tropa de Elite2 – Tropa de Elite, de José Padilla

A ficção de Padilla retrata basicamente, o dia a dia da polícia em geral, dando foco a um agente das tropas especias do Rio de Janeiro.

O filme é muito realista, mostrando um pouco da realidade da corrupção política e policial, com ação a todo tempo. O filme de Padilla conquistou a maior bilheteria daquele ano, sendo premiado pelo Globo de Ouro em Berlin.

 

 

 

 

 

1 - Cidade de Deus1 – Cidade de Deus, de Fernando Meirelles

O nosso top 1 vai para um dos maiores filmes já feitos no Brasil. Cidade de Deus foi um filme adpatado do livro “Cidade de Deus”, de Paulo Lins. O filme envolve-se em um trama interligada, ligando várias histórias em uma só. Ambientanda nas classes baixas cariocas, cada história conta a vida de um personagem, cada um completamente diferente do outro mas em um mesmo contexto social, onde vão se interligando conforme o filme roda, de forma violenta, e ao mesmo tempo emocionante.

O filme foi muito premiado, como melhor crítica pela APCA, melhor edição pela britânica BAFTA, melhor filme estrangeiro pela British Independent Film Awards, NYFFC Awards e Satellite Awards, melhor filme pelo festival de Cartagena na Colômbia e melhor fotografia e montagem pelo festival cubano de Havana.

 

 

Gostou da seleção de melhores fimes nacionais da Zocprint ? Deixe um comentário sobre qual dos filmes você mais gosta e os que você entende como o top 10 de filmes nacionais, visite nosso site, e nevegue também pelas nossas redes socias: twitter,facebook, google+ e instagram.

 

 

 

 

Dia do cinema nacional: Top 10 filmes nacionais
Avalie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *