Loading...
Design

5 dicas valiosas de identidade visual para pequenas empresas

5 dicas de identidade visual para pequenas empresas

Com a competição acirrada no mercado de qualquer segmento, é necessário que as empresas se destaquem cada vez mais para conquistar seu lugar na preferência dos clientes. E um dos meios para conseguir isso é ter uma identidade visual bem pensada de forma que seja facilmente “fixada” na mente do público.

Se você está entrando agora nesse processo de planejamento da sua identidade visual e não sabe muito bem por onde começar, não se preocupe. Nós, da Zocprint, vamos mostrar algumas dicas valiosas de identidade visual para pequenas empresas que podem ser de grande ajuda para você nessa tarefa. Confira!

1. Pense em referências

Um processo bem importante para começar a planejar uma identidade visual é pesquisar por referências do mesmo segmento. Isso ajuda a estabelecer um padrão de cores e elementos, além de visualizar algumas tendências que são usadas para o seu tipo de negócio. Também é uma boa forma de evitar ao máximo que sua ideia fique parecida com a de outra empresa, especialmente uma concorrente.

2. Seja simples e objetivo

Nesse processo de criação, é comum que a imaginação corra solta e você pense em mil e uma possibilidades. Mas é importante manter o foco e, principalmente, não colocar um monte de informações em sua identidade visual. Já ouviu falar que “menos é mais”? Então você não vai querer uma imagem poluída representando a sua marca, não é mesmo?

Opte por ideias claras e objetivas, sem exagerar nas cores, principalmente se você trabalha em um segmento mais sério, como advocacia ou áreas da saúde, por exemplo. A simplicidade de uma identidade visual não quer dizer que ela não seja marcante: pelo contrário, muitas vezes quanto mais simples, mais fácil é para que seus clientes lembrem de sua marca!

3. Tenha cuidado com a tipografia

Com a infinidade de marcas e identidades visuais que já existem, é bem comum encontrar empresas optando por tipografias (estilo e fonte das letras) que já são usadas por outras marcas, inclusive infringindo os direitos autorais destas. Então, se você gostou muito de um estilo de letra, o ideal é se certificar de que ela já não pertence a outra empresa.

4. Peça opinião

Antes de aprovar uma identidade visual e começar a usá-la, aconselhamos que você mostre-a às pessoas próximas, assim como aos colaboradores da sua empresa, para ter outras opiniões. Essa prática é importante para ter certeza de que a ideia proposta visualmente está alinhada com o que sua marca quer transmitir, assim como identificar possíveis erros na comunicação visual.

5. Padronize seus materiais

E, por último, assim que você tiver tudo pronto, aproveite e padronize os materiais da sua empresa de acordo com a identidade visual. É mais fácil para as pessoas lembrarem da sua marca quando é possível identificar um padrão, seja em materiais impressos ou online.

E, ao contrário do que muitos donos de empresas pequenas pensam, é possível ter materiais personalizados com a sua marca sem gastar muito. Um exemplo disso são os serviços de impressão da Zocprint, em que você pode fazer os pedidos online e sem quantidade mínima de unidades. Além disso, temos diversos modelos de layout para os mais diferentes segmentos e pelos quais você optar, caso queira facilitar ainda mais o processo!

Com essas dicas você já consegue começar a criar sua identidade visual sem maiores problemas. As ideias e resultados após um planejamento bem feito costumam ser impressionantes e agregam mais valor a uma marca. Experimente!