Carregando...
Design

Bitmap e vetor: diferenças e porque é importante sabê-las

Gráficos bitmap são os mais conhecidos e comuns

Se você trabalha com a criação de artes, ou quer entender melhor sobre a importância do design no seu negócio, provavelmente você já se deparou com os nomes bitmap e Vetor. Caso esteja iniciando nessa área, pode ter ficado um pouco confuso sobre o que é cada tipo de arquivo e quais suas diferenças.

Por conta disso, preparamos um post pra você entender de vez qual a diferença entre bitmap e vetor, e porque é importante sabê-las, confira!

O que é bitmap?

Os gráficos bitmap são os mais conhecidos e comuns. Neles, os pixels são coloridos e definidos por pequenos quadrados, que juntos, formam uma imagem específica. As imagens feitas em câmeras digitais são exemplos de arquivos bitmap, que quando aplicadas podemos observar bem os pixels que formam o retrato.

Com isso, podemos entender que quanto mais pixels possui uma imagem, ou seja, mais quadradinhos coloridos, melhor e maior sua resolução. Assim, imagens bitmap com mais pixels são consideradas com um acabamento melhor.

Além disso, as imagens em bitmap contam com DPI nativo, e assim, dificultam um pouco seu trabalho, pois ao ampliá-las ocorre a perda de definição e uma diminuição na qualidade. Os formatos mais comuns dos arquivos nesse tipo de arquivo são PSP, BMP, GIF, JPEG e PNG para o uso na Internet e TIFF quando usado para impressão.

Entenda porque é indispensável você contar com materiais impressos para melhorar seu marketing empresarial!

O que é vetor?

Embora exibidos na tela do computador como pixels, os gráficos em vetor não são compostos por eles, e sim por expressões matemáticas. Estas seguem instruções inseridas nas fórmulas, que produzem linhas, curvas e formas preenchidas.

Esse tipo de arquivo é mais difícil de ser encontrado, sendo mais presente em logotipos de marcas, por exemplo, com cores mais limitadas. Ainda assim, podem apresentar gradientes e sombreamento, produzindo efeitos mais sofisticados.

Os gráficos em Vetor são produzidos em programas alternativos, como o Adobe Illustrator e Coreldraw. Além disso, por não contarem com DPI nativo, como as imagens bitmap, podem ser redimensionados sem perder qualidade. Esse tipo de arquivo é encontrado nos formatos EPS, CDR e AI.

A diferença entre bitmap e vetor é só mais um dos muitos princípios que todo empresário deve saber sobre design!

Quando usar bitmap e vetor?

Primeiramente, vamos salientar que não existe uma comparação para dizer se bitmap ou Vetor é melhor, e sim quando cada um é melhor utilizado. As imagens em bitmap são melhores para imagens realistas, com grande quantidade e variação de cores, e ainda em desenhos e artes finais.

Já as imagens em Vetor, são ideais para logotipos, logomarcas, símbolos, desenhos e artes finais. A possibilidade de redimensionar esses arquivos sem prejudicar a qualidade da imagem faz com que seu trabalho possa variar de um panfleto para um banner, por exemplo.

Saber a diferença entre bitmap e vetor facilita seu trabalho!

Entender as diferenças entre os dois tipos de gráficos possibilita um trabalho feito com mais facilidade, focado em um objetivo específico e com as ferramentas certas. Por isso, é importante entender bem os arquivos bitmap e vetor. Pronto para melhorar suas produções em design? Comente com a gente suas dúvidas e sugestões sobre o assunto!