Carregando...
Gestão e Negócios

Aproveite o início do ano para começar o seu planejamento estratégico!

Planejamento estratégico para começar o ano.

O planejamento estratégico é um termo que não é um total desconhecido para quem tem uma empresa, não importa o tamanho. Se você abriu a sua empresa e consultou um especialista para isso ou mesmo se pesquisou bastante antes de abrir sozinho, sabe a importância que esse planejamento tem na hora de montar a estratégia de lançamento do seu negócio, garantindo o seu sucesso ao longo dos anos.

No entanto, o que muitas pessoas não sabem é que o planejamento estratégico também é uma excelente ferramenta para analisar o que foi feito no ano que passou e desenhar os próximos passos para chegar onde se deseja, seja a curto, a médio ou a longo prazo. Pensando nisso, separamos algumas dicas para você começar o ano da sua empresa com um plano estruturado para atingir todas as suas metas.

Uma consideração antes de chegarmos de fato às dicas é praticar cada uma delas levando em consideração três questionamentos, que você deve fazer a si mesmo:

  • Onde a sua empresa está hoje?
  • Até onde você quer que ela chegue?
  • Qual o caminho para chegar lá?

Ou seja, sempre tenha em mente a situação atual, onde você gostaria de chegar (ou seja, quais são os objetivos), e o que é preciso para chegar onde se deseja. Ok? Então, vamos lá!

1 – Revisar a identidade da empresa

Provavelmente todo mundo ao criar uma empresa já se deparou com um trio de informações que compõe a identidade do negócio, ou seja, o que ela realmente é e deseja transmitir. São eles: a missão, a visão e os valores da empresa. Esse conjunto de definições é muito importante e deve ser seguido a fio, não apenas pelos gestores de um negócio, mas também pelos funcionários.

E é justamente por causa disso que anualmente no seu planejamento estratégico é importante revisar ponto por ponto a identidade da empresa, refletindo se essas políticas estão sendo aplicadas no dia a dia e se elas condizem com a realidade atual da empresa. Se não, o primeiro passo é redefini-las, levando em consideração que elas sempre devem refletir a alma da empresa – mesmo que esta tenha mudado.

2 – Analise a sua concorrência

Leve sempre em consideração que a sua empresa é sempre afetada tanto por fatores do ambiente interno, como do externo. E, neste segundo, você deve considerar as empresas que compõem a sua concorrência, analisando o que elas possuem de forte e de fraco – e como isso pode servir para o seu negócio.

É claro que não estamos falando aqui de copiar o modelo de negócio da concorrência, nada disso! Mas você pode – e deve – se inspirar no que outras empresas fizeram de positivo no ano que passou, buscando sempre oferecer a melhor experiência para o seu cliente final.

3 – Revise e analise o ano que passou

Agora que avaliamos o ambiente externo, chegou a hora de olhar para dentro novamente. Faça uma retrospectiva do ano que passou e analise tudo o que a sua empresa fez, tanto de positivo como de negativo. Reflita: quais lições você pode aprender com essas experiências? Como isso influenciou no status atual do seu negócio. E, principalmente, como isso pode impactar no ano seguinte?

4 – Avalie e defina objetivos

E, por último, uma das partes mais importantes do planejamento estratégico anual de uma empresa: avaliar todos os dados reunidos, chegar a uma conclusão sobre os objetivos para os próximos meses e traçar um planejamento, com passos claros e concisos, de como é possível chegar lá. Isso é o que efetivamente irá mover a sua empresa em busca das metas, é o plano que você irá tirar do papel ao longo do ano. Portanto, deve ser feito com muito cuidado!

Planejar as estratégias da sua empresa para o ano inteiro é uma tarefa que parece simples, mas que pode ter um enorme impacto na forma como o seu negócio anda. Se você desejar, é possível traçar metas maiores, com planos a longo prazo, para daqui dois a três anos ou até mais. Mas não deixe de pensar no contexto dos 12 meses seguintes, pois isso permite que você consiga avaliar ao longo do caminho o que está dando certo ou não, e até mesmo mudar de rota.

Gostou das dicas? Nós, da Zocprint, esperamos que você faça bom proveito do seu ano e coloque em prática o seu planejamento estratégico rumo ao sucesso. Você também pode gostar de ler esse artigo sobre como o método GTD pode ajudar sua empresa. Até a próxima!