Marketing

Como separar o investimento em marketing para cada canal?

Ilustração homem de terno equilibrando-se em cima de cifrão

Há pesquisas que dizem que as empresas devem investir de 7% a 12% do seu faturamento em esforços de marketing. Mas o cálculo não é tão simples assim: é preciso saber separar o investimento em marketing para cada canal.

Isso porque cada estratégia de marketing têm pesos diferentes quanto ao retorno das ações e por isso algumas valem a pena mais investimento e outras menos.

Além disso, antes de tudo é preciso que as empresas se conscientizem da importância de fazer um investimento que dê retorno, pois encarar o marketing como “mais um gasto” e fazê-lo só porque dizem que é bom não costuma dar bons resultados. Vamos conversar sobre isso!

Considerações iniciais

A base dos 7% a 12% de investimento é uma boa porcentagem e pode representar um bom começo. Mas a decisão precisa ser muito mais estratégica do que financeira, começando por entender quais são os canais que possivelmente farão parte da estratégia.

Quanto a isso, é importante lembrar que existe o marketing online e o marketing offline. O primeiro é o mais recente, relacionado ao marketing digital e aos esforços de divulgação que ocorrem na internet. O segundo, apesar de mais antigo, também continua sendo essencial para uma estratégia completa.

Planejamento estratégico

Para que tudo fique dentro dos conformes e dê os resultados esperados, o nosso conselho é investir em um planejamento estratégico. Não adianta querer simplesmente definir que “x” vai ser para o marketing digital e “y” para o marketing offline sem pensar bem antes.

O primeiro passo é perguntar-se: onde meu público está? Isso é pensar estrategicamente! Pois é preciso conhecer o seu público-alvo antes de tomar as decisões, sejam elas financeiras ou criativas.

Infinitas possibilidades

Muito mais que dar um passo a passo ou uma fórmula, queremos ajudar você a refletir sobre as decisões que sua empresa tomará em relação ao investimento no marketing.

Para isso, comece separando o que você já faz e o que ainda não saiu do papel, para visualizar melhor o quanto separar para que coisas aconteçam e manter o que está ok.

Confira 5 ideias de marketing para divulgação para alavancar suas estratégias offline!

Um ponto importante é ter um posicionamento de marca e uma identidade visual definidas, pois esses fatores serão a base para qualquer tipo de comunicação. Se ainda não tiver, comece separando uma verba para isso.

A seguir, defina o que é prioridade para qualquer marca: desenvolvimento de um site, perfis nas redes sociais, envio de e-mails, blog e os materiais gráficos impressos para divulgação offline.

Só depois disso é que você começa a fazer um investimento realmente grande — anúncios, análise de resultados, ferramentas de automação de marketing etc. E nesse momento você já será capaz de responder onde seu público está para fazer a melhor escolha.

Viu como não existe fórmula? Comunicar é sobre pessoas e, por isso, não há um padrão, mas uma construção! Tendo uma marca bem construída, a tarefa do gestor de negócios fica mais fácil e o investimento em marketing mais certeiro. Boa sorte!